Sexta, Outubro 31, 2014
Text Size

Notícias

ROKNEWSPAGER ERROR: File not found: chrome-extension://lifbcibllhkdhoafpjfnlhfpfgnpldfl/call_skype_logo.png

Indenização por tempo excessivo em fila de banco necessita de comprovação

Indenização por tempo excessivo em fila de banco necessita de comprovação
A 3ª Turma Recursal dos Juizados Especiais do TJDFT negou recurso de cliente do banco Santander mantendo a sentença do 1º Juizado Especial Cível e Criminal de Sobradinho que julgou improcedente pedido...
Leia mais...

Mantida condenação a posto que descontou de frentista valor roubado durante assalto

Mantida condenação a posto que descontou de frentista valor roubado durante assalto
A Primeira Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10) manteve sentença de primeiro grau que obrigou o posto de gasolina Águas Claras Posto de Serviços Ltda. a devolver R$ 500,00...
Leia mais...

Direito a indenização por abandono afetivo prescreve 3 anos após a maioridade do filho

Direito a indenização por abandono afetivo prescreve 3 anos após a maioridade do filho
A 5ª Turma Cível do TJDFT manteve sentença de 1ª Instância que julgou prescrita a ação de indenização por abandono afetivo proposta por uma filha contra o pai. De acordo com a decisão colegiada,...
Leia mais...

Plano de saúde é condenado por negar autorização para tratamento emergencial em UTI

Plano de saúde é condenado por negar autorização para tratamento emergencial em UTI
O Juiz de Direito da 14ª Vara Cível de Brasília condenou o plano de saúde Sul América a arcar com custos financeiros relativos a realização de tratamento emergencial em UTI e a pagar danos morais...
Leia mais...

Credor tem cinco dias úteis após quitação do débito para pedir exclusão de cadastro negativo

Credor tem cinco dias úteis após quitação do débito para pedir exclusão de cadastro negativo
A Segunda Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) definiu que, após a quitação do débito, cabe ao credor pedir a exclusão do nome do devedor em cadastro de órgão de proteção ao crédito....
Leia mais...
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

TST Edita Súmula sobre aviso prévio

O Tribunal Superior do Trabalho (TST) aprovou na sexta-feira a alteração de 12 súmulas e a criação de outras seis - entre elas uma que trata do aviso prévio proporcional ao tempo de serviço. Foi aprovada ainda a conversão de sete orientações jurisprudenciais em súmulas.

Os ministros entenderam que o aviso prévio proporcional vale apenas para os empregados demitidos após a entrada em vigor da Lei nº 12.506, de 2011. A norma determina o pagamento de mais três dias por ano trabalhado para quem for demitido sem justa causa, além dos 30 dias de aviso prévio. O limite é de 90 dias.

A Corte também alterou a súmula que trata do regime de sobreaviso. Os ministros mantiveram o entendimento de que o fornecimento de aparelho celular ou computador ao empregado, por si só, não gera direito ao adicional de 30% pela hora trabalhada. Mas incluíram sua interpretação sobre o que é o regime.

Com o novo texto, só tem direito ao sobreaviso o empregado submetido ao controle por instrumentos telemáticos ou informatizados e que permanecer em regime de plantão, "aguardando a qualquer momento o chamado para o serviço durante o período de descanso".

O TST ainda reconheceu formalmente o direito à estabilidade para gestantes e trabalhadores que tenham sofrido acidente durante o contrato temporário. Além disso, à pedido do Ministério Público do Trabalho, editou súmula que afeta diretamente os frigoríficos. O texto determina que os empregados que atuam em ambientes artificialmente frios tenham repouso remunerado de 20 minutos a cada uma hora e 40 minutos trabalhados.

LEI Nº 12.506, DE 11/10/2011 (DO-U S1, DE 13/10/2011) 

http://legiscenter.jusbrasil.com.br/noticias/100063871/tst-edita-sumula-sobre-aviso-previo